Bem-vindo(a) à Linha Podológica. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Podologia, a ciência da área da saúde humana responsável pela investigação, prevenção, diagnóstico e tratamento dos problemas de saúde do pé e das suas repercussões no corpo humano.

Espero que este blog lhe seja útil!


Envie a sua questão

Este blog foi feito a pensar na saúde e bem-estar dos seus pés. Espero que lhe seja útil! Compostos por 26 ossos, 33 articulações, 20 músculos e mais de 100 ligamentos, os pés são o alicerce de todo o corpo, e é deles que depende o equilíbrio do aparelho locomotor. A saúde e o bem estar dos nossos pés deve ser mais do que uma simples preocupação estética e requer os cuidados especializados de um Podologista. Em Portugal os podologistas aguardam a regulamentação da profissão, pelo que as informações contidas neste blog estão em conformidade com a prática exercida em países que já possuem regulamentação da profissão de podologia, de acordo com as suas competências profissionais, como Espanha e o Reino Unido.
pesquisar neste blog
 
Artigos
Temas

adução

alterações biomecânicas

amputações

anteversão femural

áreas de intervenção da podologia

associação portuguesa de podologia

barça

barcelona

bebés

bem estar

biomecânica

bolhas

bromohidrose

calçado

calçado adequado

calçado ideal

calçado inadequado

calçado infantil

calçado para criança

calos

calosidades

características calçado

check up podológico

citações

coma diabético

comichão

comichao

como escolher o calçado

competências profissionais

congresso

congresso mundial de podologia podiatria

congresso nacional espanhol

congressos

conselhos

consultas de podologia

cuidados com o pé diabético

curiosidades

dermatofitia

dermatomicose

diabetes

diabetes mellitus

diabético

dieta do diabético

doctor of podiatrist medicine

dor nos pés

dor pés

dpm

excesso de transpiração

fasceíte plantar

fotografias

fotos

fotos de pés

fungos

glicose

gretas

hierhidrose

higiene

higiene do pé diabético

hiperhidrose

hipoglicémia

insuficiência de tecido adiposo

insulina

joanetes

mau cheiro

micose

micose nas unhas

micoses

micoses nas unhas/onicomicoses/fungos

neuroma de morton

onicomicose

onicomicoses

ortóteses

ortóteses plantares

palmilhas

papiloma vírus

pé boto

pé cavo

pé chato

pé de atleta

pé diabético

pé plano

pele seca

pés

podiatra

podiatras

podiatria

podiatrist

podologia

podologia em portugal

podologista

podologistas

podólogo

podólogos

prurido

saltos altos

sapatos

unha encravada

unhas encravadas

verrugas

todas as tags

Terça-feira, 4 de Setembro de 2007
Neuroma de Morton

De: Lena Dias

Localidade: Lisboa

 

Aproveito esta oportunidade para colocar a seguinte questão: Últimamente começei a sentir uma dôr muito fina nos dois dedos do pé direito, que estão a seguir ao dedo mindinho, dôr essa que se espalha quase até ao tornezelo, e fica insuportavel, impossibilitando-me de andar, tenho que me sentar e aliviar o pé do chão e só passado uns 10 m é que posso andar mais um pouco.

Fiz recentemente alguns tac`s a toda a coluna, e acusa muitos problemas, mas o meu médico ortopedista, não me dá uma explicação para este problema do pé que é o que mais me atormenta.

Fiz recentemente fisioterapia, e aos pés ligavam-me um aparelho que dava pequenos choques. Mas tudo voltou ao mesmo, e não senti melhoras.

Tenho o pé chato, e não corrigi, uso ultimamente sapatos ortopédicos, mas nada resolve.

O que poderá originar esta dôr? Será problema da coluna?

Sei que em França todos os problemas com os pés são encaminhados para esta especialidade, mas pensei que não existia no nosso país.

Agradeço a V/ atenção para um possivel esclarecimento, sobre este problema que tanto me impossibilita de fazer a minha vida normal.

Talvez interesse a minha idade, tenho 59 anos. Com os melhores cumprimentos.

 

Resposta:

Os sintomas que descreve são típicos de uma patologia denominada “Neuroma de Morton”.

Trata-se de uma compressão da anastomose do nervo plantar interno e externo que se localiza no 3º espaço intermetatársico, compreendido entre a 3ª e 4ª cabeças metatársicas.

O Neuroma de Morton caracteriza-se pelo aparecimento brusco de uma dor viva, tipo sensação de queimadura ou descarga eléctrica que ascende à perna, a intensidade desta dor impede o caminhar e em alguns casos origina crises nocturnas.

O desejo de tirar o sapato e massajar o pé é um clássico indício de neuroma.

Existem alterações estruturais como é o caso do Pé Plano, vulgarmente denominado de “Pé Chato” que são a causa desta patologia.

É essencial uma avaliação clínica para confirmação do diagnóstico e realização do tratamento adequado, pelo que recomendo que procure um Podologista.

Neste momento o melhor caminho é realizar um exame físico e biomecânico do pé, afim de identificar a alteração estrutural que está na origem do “joanete” e das dores que sente.

Procure um podologista para que possa avaliar e tratar a alteração.


 




publicado por Dra. Joana Azevedo às 12:42
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De Joana Ferreira a 8 de Dezembro de 2009 às 14:32
Boa tarde,
Já tive o mesmo problema e andei em vários especialistas, mas sem resultado, até que um dia a minha irma me aconselhou a ir a um Osteopata na minha cidade, Vila Nova de Gaia, e a verdade é que foi aí que encontrei a solução para o meu problema e para o fim das minhas dores! só posso dizer que foi simplesmente fantastico, e aproveito para me manifestar em apoio aos excelentes osteopatas que temos em Portugal e que lutam pela sua profissao!

Espero ter ajudado de alguma forma,

Joana Ferreira


De jose a 5 de Janeiro de 2010 às 17:52
Olá Joana

Tenho a minha mulher com o mesmo problema.
Pode indicar-me o contacto do Osteopata ?


De Joana Silva a 26 de Fevereiro de 2010 às 21:04
Boa noite,

Será que me podia arranjar o contacto do Osteopata?
Desde já muito obrigada.

Joana Silva


De Dra. Joana Azevedo a 14 de Março de 2010 às 12:46
Cara Joana,

Na Clínica Parque do Estoril pode encontrar uma equipa multisciplinar com fisioterapeutas e ostepatas licenciados, que integram o corpo clínico desta unidade de saúde.

Clínica Parque do Estoril:
Av. Aida, nº153, 2765-183 Estoril
Tel: 219236381
(em frente ao jardim do Casino Estoril e a 50 metros da estação da CP do Estoril)


De Dra. Joana Azevedo a 16 de Março de 2010 às 18:46
Cara Joana,

desde já agradeço o seu comentário e aproveito para dizer que corroboro inteiramenete com a sua opinião.

A equipa de Podologia das clínicas onde trabalho é complementada com os colegas da fisioterapia e osteopatia. O que se traduz numa mais valia para o tratamento dos pacientes.

No que respeita ao Neuroma de Morton em concreto, pode haver necessidade de tratamento ortopodologico complementar ou intervenção cirúrgica em casos mais complicados.

Cumprimentos
Joana Azevedo
Podologista


De rosane a 21 de Agosto de 2010 às 21:31
Cara amiga! lendo seu comentario sobre neuroma de morton, tive esperança da cura de meu problema.Não bastasse em um pe , eu tenho nos dois, ultimamente quase enlouqueço de dor. Tenho 54 anos e gostaria que me orientasse sobre o que fazer, .Isso tem cura? existe algum paleativo? uso palmilhas e iso não me alivia em nada existe remedio? por favor responda. obrigado


De Dra. Joana Azevedo a 9 de Janeiro de 2011 às 21:02
Cara Rosane,

o uso de suportes plantares ortopodológicos ou 'palmilhas' realizadas mediante a obtenção de moldes plantares e 100% adaptadas aos seus pés e ergonómicas, permite minimizar e até anular os sintomas de Neuroma de Morton.

Quando isto não acontece a cirurgia é um recurso alternativo.

Cumprimentos,
Joana Azevedo
Podologista


De Anónimo a 17 de Fevereiro de 2011 às 22:27
pois é cara doutora mas quando já se vai na 4ª operação como é o meu caso que já não sei o que fazer acabei de ser operada ao pé direito no dia 10 deste mês de fevereiro e tenho o pé esquerdo na mesma, agradecia que me disse-se se tem conhecimednto de fazerem esta operação a lazer. pois já nao tenho pés para tantas custuras.


De Anónimo a 17 de Fevereiro de 2011 às 22:11
cara amiga eu infelismente tenho este problema já há uns anos e já fiz 4 cirurgias a ultima delas foi no passado dia 10 de fevereiro e estou em recuperação em casa, melhoro durante mais ou menos um ano e meio mas depois volta tudo de novo. mas para mal dos meus pecados fui operada ao pé direito mas tenho o mesmo no pé esquerdo. a operação que fiz há dois anos e meio foi aos dois pés ao mesmo tempo mas desta vez tenho uma filha pequenina e a recuperação era mais demorada. Informe-se bem que nem sepre o tratamento é suficiente.


De Nelso Costa a 30 de Maio de 2010 às 23:19
Bom dia.
Tenho neuroma de morton no pe direito.
Já corri uma serie de medicos,já tomei remedios,fiz infiltração,fisioterapia mas continuo com o mesmo problema.Pode por favor me indicar o contacto desse osteopata e dizer como é que ele a curou.

Grato pela atençao

Nelso Costa


De Nani Teixeira da Luz a 31 de Agosto de 2010 às 20:58
Cara Joana
Como me foi diagnosticado no pé direito o NEUROMA DE MORTON e lendo que no seu caso teve sucesso tratando-se com um osteopata em Vila Nova de Gaia, agradecia o favor de me informar qual o tratamento que lhe foi imposto e também o nome e contacto do osteópata, visto eu viver no Porto.
Os meus sinceros agradecimentos
Nani T-Luz


De Agostinho a 13 de Janeiro de 2011 às 21:29
Cara Joana
Como me foi diagnosticado no pé direito o NEUROMA DE MORTON e lendo que no seu caso teve sucesso tratando-se com um osteopata em Vila Nova de Gaia, agradecia o favor de me informar qual o tratamento que lhe foi imposto e também o nome e contacto do osteópata, visto eu viver no Porto.
Os meus sinceros agradecimentos


De Herminio Gomes Carneiro a 31 de Março de 2011 às 19:20
Prezada Joana, moro no Brasil, na cidade de Brasília. Todos os médicos até agora que consultei informam que tenho que fazer a cirurgia. Como vi seu depoimento, seria possível vc. me passar o endereço do OSTEOPATA para que eu faça contacto com o mesmo.
Grato por responder.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Prezada Joana, moro no Brasil, na cidade de Brasília. Todos os médicos até agora que consultei informam que tenho que fazer a cirurgia. Como vi seu depoimento, seria possível vc. me passar o endereço do OSTEOPATA para que eu faça contacto com o mesmo. <BR>Grato por responder. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Herminio</A>


De Anónimo a 8 de Fevereiro de 2013 às 23:51
Gostria de saber se o senhor conseguiu o contato com o osteopata e se pode me passar. Obrigada.


De Anónimo a 30 de Julho de 2012 às 10:49
Agradecia que me indicasse a direção do osteopata de vila nova de gaia pois eu sofro do mesmo problema no ´pe esquerdo fui operado ao neurom de morton há 18 meses e continuo com dores muito fortes. já fiz fisioterapia mas as dores continuam.
Agradeço a sua resposta.
Cumprimentos


De Sónia a 14 de Abril de 2014 às 00:58
Boa noite, poderia-me indicar contacto/nome do osteopata de Gaia que teve sucesso no seu neuroma de morton pf? Obrigada


De Ingrid a 11 de Novembro de 2010 às 00:03
Boa noite tenho um menino de tres anos desde que tem 1 ano queixase de muitas dores no pe, muitas noites e madrugadas acorda chorando da dor no pe e esta dura hasta 1 hora adormece e volta acordar chorando com as dores, façemos massagems para ver si pasa um poco a dor mas estamos desesperados ja que os medicos no dizem nada..meu filho tem pe pronado y rotacion interna do goelho..ja he visitado 5 ortopedistas mas todos me dizem que esta todo normal..alguem pode ajudarme e darme alguma idea de porque se originan as dores e que patolgia tendra meu bebe..obg


De Dra. Joana Azevedo a 23 de Janeiro de 2011 às 18:45
Cara Ingrid,

O facto de o seu filho ter o pé pronado e rotação interna do joelho são dois factores de tracção anormais das estruturas do pé, nomeadamente a fáscia plantar e todo o sistema muscular plantar e posterior da perna que se encontram distendidos e portanto sujeitos a uma tracção anormal e exagerada.

É frequente existir um abatimento do arco logitudinal interno, associado ao pé pronado que se traduz por um pé plano ou pé chato como vulgarmente é conhecido.

Estas alterações biomecânicas podem ter como sintomas a dor nos pés nomeadamente na planta dos pés. É frequente a dor do calcanhar ou da zona posterior do pé, denominando-se de talalgia.

Existe uma outra alteração que acontece por volta dos 2 anos de idade (mas pode acontecer um pouco mais cedo ou um pouco mais tarde, dependendo do desenvolvimento da criança), que diz respeito à consulidação do primeiro núcleo de ossificação do calcâneo por volta dos 2 anos de idade e pode causar desconforto e dor.

Qualquer uma das alteraçõs biomecânicas é bem conhecida por nós podologistas e frequente em prática clínica, pelo que a aconselho a procurar uma opinião junto de um Podologista/Podiatra.

A forma mais comum de tratar o problema ou a alteração que é na maior parte das vezes transitória, é através do uso temporário de suportes plantares ('palmilhas') que são realizadas mediante a obtenção de um molde plantar, por podologistas, que permitem aliviar as estruturas que se encontram submetidas a maior tracção.
Cumprimentos,
Joana Azevedo
Podologista


De Anónimo a 25 de Janeiro de 2011 às 00:32
Obrigadea Dra Joana ..vc atende en que zona del pais? gostaria que viese a meu filho.


De Dra. Joana Azevedo a 9 de Março de 2011 às 21:08
Caro(a) Sr(a),

Os meus consultórios ficam no Estoril/Cascais e Sintra.

Clínica Parque do Estoril
Tel. 219236381
Av. Aida, 153 Lj - 2765-187 Estoril
(em frente ao jardim do casino, a 50m da estação da CP do Estoril)

Clínica da Beloura
Tel. 219236380
Beloura Office Park, Edifício 11 - 2710-693 Sintra
(a 2 minutos do Autódromo do Estoril e do Beloura Shopping).

Cumprimentos,

Joana Azevedo
podologista


De Dra. Joana Azevedo a 6 de Março de 2011 às 21:23
Cara Ingrid,

por volta dos 2 anos dá-se a calcificação de um dos núcleos de ossificação do calcâneo (osso do calcanhar), por vezes é doloroso e algumas crianças até manifestam dificuldade em apoiar o calcanhar no chão, andando em pontas.

Se se tratar desta situação é habitualmente transitória e não precisa de tratamento. Para alívio dos sintomas pode usar argila verde em pasta, pois a argila tem propriedades antiinflamatórias e calmantes.

cumprimentos,

Joana Azevedo
Podologista


De Manuela a 17 de Novembro de 2010 às 03:12
Caros Srs. Podologistas: em 2003, com 46 anos, fiz fractura bimaleolar esquerda, tíbia e perónio, na sequência de queda. Nove meses depois, fiz fractura do pé direito, quinto metatarso, também por queda. Em nenhuma das ocasiões fui operada e apenas fiz fisioterapia. Não havia sinais de osteoporose. Em 2006, e mais dez quilos (80), comecei a ter dores entre o segundo e terceiro dedos dos pés, com sensação de calor, ardor e dormência, por vezes, tipo choque eléctrico, apenas quando estou em pé - parada ou em movimento. Passa, relativamente depressa, com repouso e uma ligeira massagem local, para reaparecer se voltar a estar de pé. Apenas suporto usar calçado com sola de borracha, com alguma altura, de preferência, os "MBT" e, ainda assim, com limitações de tempo. Não tenho sintomas se andar descalça na areia. Consultei ortopedistas e um podologista; fiz RX e RM por suspeita de neuroma de morton, há cerca de 3 ano, sem resultado positivo; usei as palmilhas de apoio metatársico que se vendem para o efeito, e uma provisória feita pelo podologista, sem êxito. Não sei se será relevante, mas as dores surgiram depois de ter feito acunpunctura para alívio de dores lombares (duas hérnias), tendo sido usadas agulhas também na zona dos tornozelos. A situação é mesmo incapacitante, com prejuízos vários no meu dia a dia. Recupero, ora, de doença oncológica (cancro mama) que, entretanto (2009), me "apanhou". Mas nem sequer posso caminhar mais de 10/15 minutos, ou conduzir, sem que as tais dores me afrontem, o que não está a ajudar nada. Poderão ajudar-me? Devo começar/recomeçar por onde? Muito, muito obrigada.


De Dra. Joana Azevedo a 6 de Março de 2011 às 21:34
Cara Manuela,

se o seu problema for biomecânico poderá beneficiar com o uso de um suporte plantar ou ortótese plantar podológica ('palmilha') feita mediante a obtenção de um molde dos seus pés.

Trata-se de um tratamento paliativo que que por ser feito através de moldes plantares permitem uma adaptação mais ergonómica e 100% adaptados à anatomia dos seus pés.

Cumprimentos,

Joana Azevedo
Podologista


De Anónimo a 8 de Setembro de 2011 às 00:09
Dra. Joana, é "consOlidar" e não "consUlidar". Não se pode esperar muito de quem se auto-intitula "Dra"


De TOMI a 9 de Setembro de 2011 às 19:09
a melhor soluçao é mesmo cortar os pés


De pedro pinto a 13 de Janeiro de 2012 às 10:21
Dra. Bom dia! Ontem num jogo de futebol 7 às 20:00, com os amigos, fiz um sprint e ao travar abruptamente coloquei todo o meu peso corporal num só pé e senti uma dor intensa no calcanhar, tão intensa que não consegui mais colocar o calcanhar no chão. Hoje às 10:15 depois de já ter colocado várias camadas de Reumon a dor mantêm-se. Posso descrever aonde sinto mais dor. Quando toco com os dedos para identificar o local, sinto dor na parte externa do calcanhar e na parte central do calcanhar. Na parte interior, ao dedar não sinto dor, mas ao colocar o calcanhar no chão, enfim a dor é intensa. o tendão na parte traseira do pé que faz a ligação à perna está muito pouco inchado, mas a diferença em relação ao outro, que em princípio está normal, é muito reduzida. Por fim a base do calcanhar está um pouco inchada. Agradeço a orientação.
Bom dia!
Pedro Pinto


De Eunice Oliveira a 18 de Maio de 2012 às 01:05
O pior desta dor, é que de tanto andar mancando, já que a dor não permite o caminhar correto, a coluna sofre demais! e pra quem já tem problemas de coluina, então, a dose de sofrimento é maior ainda! no momentoem que la fica aguda, parece que os dedos estão sendo arrancados, principalm,enmte os doi dedos que segurm o dedão!


De jose ramalho a 13 de Novembro de 2012 às 11:01
bom dia,

Tenho um problema nas pernas que a medicina tradicional não tem patologia para me dar será que me podem ajudar. alguém conhece um osteopata em vila nova de gaia de confiança.

Agradeço resposta, muito obrigado


De Nathalie Couto a 13 de Dezembro de 2012 às 18:11
Boa noite

Até agora só li relatos de todo o lado e em vários sites sobre o Neuroma de Morton nos pés. Ora eu fui operada há 15 dias a um Neuroma de Morton no indicador direito, isto é, na mão! como é possível não haver nada escrito sobre isto relativamente às mãos e haver apenas nos pés?


Comentar post

Dra. Joana Azevedo
Podologista
Licenciada pela Escola Superior de Saúde do Vale do Ave. Especialização no New York College of Podiatric Medicine (NYCPM). Exerce actividade clínica desde 2003 com cédula profissional nº 128 da Associação Portuguesa de Podologia. Membro fundador do Núcleo de Podologia da ESSVA. Podologista do canal Sapo Saúde desde 2005. Actualmente tem consultórios no Estoril e em Oeiras.

logo new york college of podiatric medicine-1
Consultórios:

Clínica Parque do Estoril - Grupo Cordeiro Saúde
Tel. 219236381
Av. Aida, 153 Lj - 2765-187 Estoril
(em frente ao jardim do casino, a 50m da estação da CP do Estoril)

Clínica Navegantes
Tel. 214412533
Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, 14A 2780-240 Oeiras
(junto da biblioteca de Oeiras e dos SMAS - Serviços Municipalizados de Oeiras)

Vídeos
posts recentes

Podologia/Podologistas - ...

Podologia. Podologistas. ...

Podologia, Podologistas, ...

Podologia, Podologistas, ...

Podologia. Podologistas. ...

Podologia, Podologistas. ...

Podologia, Podologistas, ...

Feliz Natal!

Podologia, Podologistas ,...

Podologistas. Podologia. ...

links
arquivos

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Maio 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Maio 2008

Janeiro 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

blogs SAPO
Subscrever feeds
Imagem de fundo: David Hofmann.