Bem-vindo(a) à Linha Podológica. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Podologia, a ciência da área da saúde humana responsável pela investigação, prevenção, diagnóstico e tratamento dos problemas de saúde do pé e das suas repercussões no corpo humano.

Espero que este blog lhe seja útil!
Este blog foi feito a pensar na saúde e bem-estar dos seus pés. Espero que lhe seja útil! Compostos por 26 ossos, 33 articulações, 20 músculos e mais de 100 ligamentos, os pés são o alicerce de todo o corpo, e é deles que depende o equilíbrio do aparelho locomotor. A saúde e o bem estar dos nossos pés deve ser mais do que uma simples preocupação estética e requer os cuidados especializados de um Podologista.

Pesquisar

 

Artigos

Tags

todas as tags

Domingo, 24 de Outubro de 2010

Unha Encravada, Podologia, Podologistas

Unha Encravada –  Onicocriptose

 

O que é?

 

Quando a unha penetra na carne junto ao dedo estamos perante uma unha encravada.

A pele forma uma barreira, mas como a unha não pára de crescer e é mais dura, penetra na pele causando dor e inflamação. Nos casos mais severos pode originar infecção com pus e sangramento.

De uma forma geral é mais frequente afectarem o primeiro dedo, mas podem afectar os outros dedos também.

 

Qual é a causa?

 

O mau corte: corte excessivamente curto das unhas ou cortar os cantos é a principal causa de unha encravada.

Pessoas activas e desportistas são particularmente atreitas a sofrerem de unha encravada, porque transpiram mais (o que facilita o amolecimento e a quebra das unhas), também estão mais sujeitas a traumatismos e micro traumatismos capazes de lesarem as unhas.

Os jovens que mexem mais nas suas unhas têm mais probabilidade de adquirirem unha encravada, do que as pessoas mais velhas, que não conseguem alcançar os seus pés facilmente.

As pessoas mais velhas que têm unhas muito grossas ou afectadas por fungos, são mais sujeitas a terem unha encravada.

Sapatos e meias apertados podem também empurrar a carne dos dedos junto das unhas, levando a que encravem na pele.

Excesso de transpiração e não mudar o tipo de calçado, concentra mais humidade, o que torna as unhas mais moles e por isso partem mais ficando mais sujeitas a encravar.

Existem outros factores tais como a postura, a forma como anda, deformações do pé como o joanete, dedos em garra ou em martelo, pronação excessiva do pé (queda do pé para dentro), entre outros.

 

Pode ser grave!

 

Se deixarmos a unha encravada sem tratamento, a infecção pode alastrar a outras zonas do pé. Quanto mais rapidamente tratar a unha encravada menos a infecção se instala e menos dor tem com o tratamento.

 

O que posso fazer?

                       

Em primeiro lugar deve aprender a cortar as unhas de forma correcta. Não deve usar corta unhas, nem tesouras, pois não têm formatos de corte apropriados para os dedos e podem cortar excessivamente a unha ou até cortar a carne.

O melhor é usar um alicate de pontas rectas.

Devemos cortar as unhas de forma recta sem cortar ou arredondar os cantos. Os cantos das unhas devem permanecer visíveis e passar por cima da carne.

As unhas devem ser cortadas depois do banho quando estão mais finas e suaves.

Uma boa higiene, como trocar de meias todos os dias, optar por meias de fibras naturais como o algodão, ajudam a manter a integridade das unhas.

No verão use o mais possível sapatos abertos e arejados ou sandálias.

Se é diabético não faça auto tratamentos, como desencravar as unhas a si próprio.

 

O que o podologista pode fazer por si?

 

Se a unha encravada não for grave o tratamento passa pela simples remoção da espícula, desinfecção e assepsia do local.

Se houver infecção (granuloma) poderá ser necessário a aplicação ou toma de um antibiótico e ou antininflamatório. 

 

Pode não se tratar de uma verdadeira unha encravada, mas sim de helomas periungueais (calos que crescem junto da unha), se assim for o podologista procede à remoção dos calos e se a unha estiver grossa ou encurvada, poderá rebaixá-la e direccioná-la.

 

Quando a unha encravada se torna crónica e de difícil resolução com os tratamentos mencionados, o seu Podologista/Podiatra poderá recomendar que faça uma correcção cirúrgica da unha. Trata-se de um processo de reeducação ungueal definitivo que remove entre 8 a 10% da unha. Deixando-a normalizada, sem possibilidade de encravar.

 
O arrancamento total da unha pode provocar alterações na matriz ungueal que frequentemente provocam deformações ou ausência definitivas da lâmina ungueal.

Após o arrancamento de uma unha os tecidos dos bordos periungueais podem 'invadir' o espaço da lâmina ungueal, que quando nasce novamente encrava ainda mais facilmente.


 

 

 

 

O arrancamento ou ablação total da unha são totalmente desaconselhados, excepto em situações especiais como em casos de neoplasias, infecções fúngicas com descolamento da lâmina ungueal entre outras.

 

 

 

 

 

 

Joana Azevedo,

 

Podologista

 

publicado por Dra. Joana Azevedo às 19:27

link do post | comentar | favorito

196 comentários:
De Adriano a 15 de Outubro de 2009 às 20:07
Oi , me chamo Adriano meu problema é unha encravada e to com algumas duvidas , se vc diz que o certo é cortar a unha recta para não encrava certo?, pois eu estou fazendo um tratamento para unha encravada, eu fui ao podologista e ele extraiu um pedaço da unha e fez curativo , outro dia fui e ele coloco um aparelho "colo 2 ferrinhos um de cada lado e coloco tipo um elástico no meio" ele disse que é para impedir que a unha cresça , só q antes dele colocar esse aparelho ele disse que ia fazer o corte das unhas técnicos e ele corto redondo eu fiquei sem entender nada , mais também nem disse nada , esse aparelho vivi descolando e já coloquei ele de novo mais de 4 vezes , agora descolo de novo e deve ir colocar e nessa graça ta me custando cada vez 45 reais , vc pode me dizer c esta coreto o tratamento ou pode me indicar um tratamento certo , agradeço !


De Dra. Joana Azevedo a 1 de Novembro de 2009 às 14:46
Caro Adriano,

Existem diferentes formas de tratamento da unha encravada.

Quando a unha encravada (onicocriptose) está associada a uma infecção fúngica (onicomicose), pode ser necessário cortar a unha ou parte dela, para acelerar o processo de tratamento da unha.

Este corte pode ser irregular e até deixar a unha muito curta. Contudo não significa que seja um procedimento errado, mas necessita de ser um tratamento acompanhado e vigiado de modo a reeducar e alinhar a unha durante o seu crescimento.

Quanto ao uso de ortoníxias metálicas (o aparelho que fala), para nós Podologistas/Podiatras está desactualizado e por esse motivo não é uma técnica de eleição para o tratamento de unha encravada.

Parece-me importante informá-lo que no Brasil não é comum existirem Podologistas ou Podiatras, é mais frequente encontrar Podólogos, cuja formação é diferente da nossa e por isso a forma de tratamento também é diferente.

Cumrpimentos,

Joana Azevedo


De ana raquel a 29 de Outubro de 2009 às 09:32
eu tenho uma unha encravada á quase 1 ano . vai fazer 1 ano em janeiro . e as dores sao algumas . se podessem ajudar agradessia imenso


De Dra. Joana Azevedo a 1 de Novembro de 2009 às 15:58
Cara Ana,

por tudo o que já foi aqui dito, nos muitos posts sobre unha encravada, já deve ter percebido que deve consultar um podologista se pretende resolver adequadamente o seu problema.

Cumprimentos,

Joana Azevedo


De tiago a 10 de Novembro de 2009 às 17:09
Eu ja tenho unha encravada a anos mais nunca ficou tão enflamada e doendo como ta agora, eu queria uma orientação que remedio posso usar e o que fazer para desinflamar essa unha encravada, obrigado e fiquem com Deus


De Dra. Joana Azevedo a 20 de Novembro de 2009 às 16:53
Caro Tiago,

Como eu já venho explicando desde sempre no blog, enquanto não for retirada a espícula de unha que se encontra 'enterrada' no bordo lateral do dedo, a infecção e/ou inflamação não desaparecem por mais medicamento que tome ou aplique localmente.

Pelo que o primeiro passo é procurar um podologista que lhe limpe o canal lateral da unha, desencravando-a de forma correcta e sem arrancamento da unha.

Cumprimentos,

Joana Azevedo
Podologista


De analia silva a 4 de Dezembro de 2009 às 05:39
Tenho uma dor muito forte na unha do dedao direito do pe , minha dor e constante e quase impossivel de alguem toca-la a dor e em cima da unha e na frente , encluindo toda a carne do dedo , ja fui no podologo ele disse q teria q retirar a unha e fazer algo q nao me lembro o nome para ela nao crescer mais , pq e um tipo de doenca q mesmo q retire ela volta a nascer assim a famosa unha tubo , tenho lupus e tomo 1200mgr de calcium ao dia ele disse q isso tbm afeta muito , vivo no usa agora no inverno sofro muito pois nao posso por botas e imsuportavel tem dias q nem meia posso calcar nada pode encostar na unha , queria uma segunda opiniao pois estou quase mandando retirar mesmo q seja para nao ter mais unha , faco a unha semanalmente com uma pessoa de confianca matenho ela com correto corte .
obrigada pela atenao...


De Dra. Joana Azevedo a 16 de Março de 2010 às 18:19
Cara Analia,

em primeiro lugar deve parar de 'fazer a unha', por muita confiança que tenha na pessoa, o seu problema está a piorar e a tornar-se crónico, pelo que é importante que perceba que não vai tratar o seu problema se continuar com esse procedimento.

É importante que procure um Podologista/Podiatra e não um podólogo, pois a formação dos Podologistas/Podiatras é mais avançada e especializada.

Quanto à questão da 'unha em tubo', desconheço essa denominação pelo que não posso esclarecê-la sobre o assunto.

Contudo as unhas encravadas se forem tratadas em âmbito podológico são tratadas de forma eficaz e definitiva.

Cumprimentos

Joana Azevedo
Podologista


De bruno ribeiro ferreira a 17 de Dezembro de 2009 às 00:05
minha unha está infeccionada os dois dedões do pé estam enchados e pretos,sai muito pus e sangra muito.
o que devo fazer???


De Dra. Joana Azevedo a 17 de Março de 2010 às 19:53
Caro Bruno,

lamento só responder agora à sua questão. penso que nesta altura já terá resolvido o seu problema.

Contudo deixo aqui a minha opinião.
Perante uma situação destas deve recorrer de imediato a um médico ou a um Podologista/Podiatra.

Cumprimentos,

Joana Azevedo
Podologista


De ALINE a 28 de Dezembro de 2009 às 18:38
adorei o artigo e o blog.


De Dra. Joana Azevedo a 17 de Março de 2010 às 19:55
Cara Aline,

Obrigada pelo seu comentário.

Cumpriemntos,

Joana Azevedo


De joana a 2 de Janeiro de 2010 às 13:55
Olá. Chamo-me joana! as minhas unhas dos pes crescem para cima, e gostava que me ajudassem a encontrar uma solução!
deixo vos o meu email: petbcdmvc@hotmail.com


De tatiane a 20 de Janeiro de 2010 às 09:25
ola!
Já não sei mais o que fazer com minha unha do "dedão" direito, pois, está encravada com presença de pus e sangue. Já passei por um cirurgião na qual estrio a lateral, mas voltou a encravar, desta vez pedir que o mesmo a estraisse toda a unha, mas percebo agora que não adiantou, pois, antes de crescer totalmente já estou sentindo dor na lateral e percebo uma mancha de pus. Gostaria de saber o que fazer para evitar esse trantorno e ficar definitivamente livre. Aguardo. obrigada.


De Dra. Joana Azevedo a 18 de Março de 2010 às 17:13
Cara Tatiane,

Fico muito triste quando percebo que nos dias de hoje, alguns profissionais de saúde, continuam a recorrer ao arrancamento das unhas como forma de tratamento das unhas encravadas.

O que já tenho dito inúmeras vezes e que infelizmente, acabou por ter de passar por isso, para perceber, é que o arrancamento não resolve o problema de onicocriptose e pode até agravá-lo na medida em que, durante o tempo de ausência de unha (após o arrancamento) a carne invade ainda mais o espaço da lâmina ungueal e quando esta volta a crescer pode encravar com mais facilidade pois já não tem o mesmo espaço, trajecto e canais.

Além disso é frequente haver lesão da matriz durante o arrancamento o que pode provocar alterações no crescimento da unha e em alguns casos, pode retirar completamente a matriz da unha e esta não volta a crescer.

Comprometendo a estética do dedo e do pé, mas mais importante, compromete a função mecânica estática e dinâmica do dedo e do pé.

Neste momento e para que não façam mais estragos, aconselho-a a recorrer a um Podologista/Podiatra.

Cumprimentos,

Joana Azevedo
Podologista


De Inês a 15 de Março de 2010 às 22:25
Boa noite Dra.,

desde a 3 dias atras que me começou a doer a ponta do dedão do pé direito enquanto estava na universidade e pensei k fosse a ponta da unha a espetar, contudo quando cheguei a casa a ponta n se estava a espetar mas por via das dúvidas cortei-a e estava bastante direitinha. o que se passa é que me continua a doer mas só kando toco, esta inchado e a sair um pouquinho de pus, tou a ficar muito preocupada. quando carrego um pouco parece k sinto algo la dentro a espetar mas mesmo por dentro da carne. amanha vou tentar ir ao médico pois n quero arrastar mais isto. Que tratamento acha que ele me vai fazer ? vai-me doer ? e que mal toco doi-me bastante e sou muito picuinhas com a dor e estou cheia de medo do tratamento . . .

Obrigada


De Dra. Joana Azevedo a 16 de Março de 2010 às 12:37
Cara Inês,

pela descrição que faz do seu problema, parece tratar-se de uma onicocriptose (unha encravada).

Apesar de observar que a ponta da unha não está em conflito com a carne a espícula lateral pode estar em conflito com o bordo lateral do dedo. Mas é importante que não mexa e não tente autotratamento para não piorar a situação.

O tratamento indicado e que habitualmente é praticamente indolor (se executado com as técnicas e instrumentos apropriados) passa pela remoção da espícula lateral, sem entrar em conflito com a restante unha.
Não deve ser feita a extracção total da unha pois pode levar a uma unha encravada crónica.

O meu conselho é que procure um Podologista/Podiatra, para que possa receber o tratamento adequado com o mínimo de desconforto e sem limitar a vida do paciente após receber o tratamento adequado.

Cumprimentos,

Joana Azevedo
Podologista



De André Ferreira a 16 de Março de 2010 às 00:40
ola eu sou o Andre e tenho este problema das unhas encravadas ja a algum tempo.
As minhas unhas encravam nos cantos e ja fui operado e fiz 1 ano de tratamento num hospital e os medicos nunca conseguem resolver nada.
Um tempo depois de ser operado a minha voltou todo ao mesmo e passado 2 anos piorou. E acho que o que eu sofri depois desta operaçao foi em vao porque cada vez me doi mais e agora se jogo futebol doi-me, se ando de patins doi-me basta dar um toque com força que começa a dor muito.
gostava que me podessem ajudar.
muito obrigado.
Aguardo resposta


De Dra. Joana Azevedo a 16 de Março de 2010 às 13:53
Caro André,

Não sei com certeza que tipo de intervenção cirúrgica lhe foi aplicada, pelo que não posso falar com exactidão.

Contudo o procedimento cirurgico de eleição para o tratamento de onicocriptose (unha encravada), consiste na matricectomia parcial da lâmina ungueal. Este processo retira a unha e matriz lateral que entra em conflito com o bordo do dedo,
não remove a totalidade da unha e por isso mantem a integridade funcional e estética da unha e dedo.

Existe o risco de recidivar, isto é pode voltar a crescer uma espícula de unha, porque pode ter ficado um pouco de matriz ungueal, que permite novamente o crescimento de um pouco de unha.

Este tipo de cirurgia quando é realizado em âmbito podológico minimiza o risco de recidiva e permite melhores resultados e é um procedimento menos invasivo. Pelo que o aconselho a recorrer a um Podologista/Podiatra.

Cumprimentos,

Joana Azevedo
Podologista


Comentar post

Dra. Joana Azevedo
Podologista
Licenciada pela Escola Superior de Saúde do Vale do Ave. Especialização no New York College of Podiatric Medicine (NYCPM). Exerce actividade clínica desde 2003 com cédula profissional nº 128 da Associação Portuguesa de Podologia. Membro fundador do Núcleo de Podologia da ESSVA. Podologista do canal Sapo Saúde desde 2005. Actualmente tem consultórios no Estoril.

logo new york college of podiatric medicine-1
Consultórios:

Clínica Parque do Estoril - Grupo Cordeiro Saúde
Tel. 219236381
Av. Aida, 153 Lj - 2765-187 Estoril
(em frente ao jardim do casino, a 50m da estação da CP do Estoril)



Abril 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
28
29
30


Vídeos

Ligações

blogs SAPO

subscrever feeds