Bem-vindo(a) à Linha Podológica. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Podologia, a ciência da área da saúde humana responsável pela investigação, prevenção, diagnóstico e tratamento dos problemas de saúde do pé e das suas repercussões no corpo humano.

Espero que este blog lhe seja útil!
Este blog foi feito a pensar na saúde e bem-estar dos seus pés. Espero que lhe seja útil! Compostos por 26 ossos, 33 articulações, 20 músculos e mais de 100 ligamentos, os pés são o alicerce de todo o corpo, e é deles que depende o equilíbrio do aparelho locomotor. A saúde e o bem estar dos nossos pés deve ser mais do que uma simples preocupação estética e requer os cuidados especializados de um Podologista.

Pesquisar

 

Artigos

Tags

todas as tags

Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

Pé de Atleta

 
            Estima-se que cerca de 21% da população adulta possa ser afectada por pé de atleta.
O nome ‘pé de atleta’ deve-se à localização interdigital, uma vez que esta forma de dermatomicose afecta mais frequentemente os desportistas. Contudo o pé de atleta afecta a população em geral, sendo mais frequente nos homens do que nas mulheres.
 
Como se ‘apanha’ pé de atleta
 
O nosso corpo é capaz de resistir a infecções fúngicas, mas ocasionalmente quando as condições são propícias os fungos desenvolvem-se e atacam a nossa pele, originando o pé de atleta.
É mais frequente o contágio em locais como piscinas e balneários públicos, ou através do uso de toalhas mal lavadas ou contaminadas. O ambiente quente, húmido, fechado e escuro que algum calçado proporciona é favorável ao desenvolvimento dos fungos, (como é o caso de sapatilhas ou ténis de desporto) que facilmente penetram na nossa pele.
 
Sinais e sintomas do pé de atleta
 
De entre os principais sintomas do pé de atleta destacam-se:
Prurido (comichão),
Dor,
Maceração, descamação e gretas interdigitais,
Descamação, secura e ou fissuras nos bordos laterais dos pés,
Inflamação e rubor da pele.
 
Se a pele não for tratada pode continuar a abrir fissuras e gretas, podendo levar a um grande desconforto e dor bem como proporcionar um cheiro desagradável.
Uma das complicações mais frequentes do pé de atleta é o contágio do fungo nas unhas, que pode ocorrer se o problema não for tratado. Esta alteração nas unhas chama-se onicomicose e leva à alteração da cor, trajecto, espessura e formato da unha. Nestas situações deve ser tratada por um podologista.
 
 
Como prevenir o Pé de Atleta?
 
Existem hábitos que devem fazer parte do nosso dia a dia para prevenir o aparecimento das micoses:
·        Lave os pés todos os dias, com água e sabão neutro;
·        Seque cuidadosamente os pés e os espaços entre os dedos, sem esfregar ou irritar a pele;
·        Observe diariamente os pés para detectar precocemente alguma alteração da pele e unhas;
·        Troque de meias todos os dias;
·        Use meias de algodão ou outras fibras naturais, q ajudam os pés a respirar e a manterem-se frescos.
·        Alterne os sapatos, para que estejam bem secos e arejados quando os calçar novamente;
·        Use sapatos confortáveis e de fibras naturais;
·        Não partilhe toalhas, meias ou sapatos de outras pessoas;
·        Nunca ande descalço em piscinas, balneários ou locais públicos;
·        Se transpira muito dos pés, use um pó que controle a transpiração, este poderá ser aconselhado pelo seu podologista, especificamente para o seu caso.
·        Observe os seus pés regularmente e trate o pé de atleta precocemente para evitar a sua expansão.
 
 
Como tratar o Pé de Atleta
 
Para prevenir e evitar ter Pé de Atleta é importante seguir os conselhos de prevenção e fazer com que se tornem hábitosdo dia a dia.
Se observa algum dos sinais ou sintomas apresentados, provavelmente tem Pé de Atleta e deve tratá-lo rapidamente. Para isso deve consultar um podologista que lhe indicará qual o melhor tratamento a seguir.

publicado por Dra. Joana Azevedo às 12:12

link do post | comentar | favorito

10 comentários:
De selima franco a 8 de Julho de 2010 às 15:46
Boa tarde Doutora
Tenho micoses das unhas e do pé, durante as estações quentes do ano rebenta ainda com mais força receitaram-me o canastene para o pé e para as unhas estou a colocar um verniz á cerca de 8 meses. As unhas estão um pouco melhores, o pé é aflitivo porque um dia está melhor, mas logo a seguir fica pior. JÁ não sei que fazer, tento mudar de calçado mas parece que todo ele me provoca ainda mais micose .
Agradecia que me aconselhasse, porque também neste momento não tenho possibilidades de ir a uma consulta da especialidade.


De Dra. Joana Azevedo a 9 de Janeiro de 2011 às 17:25
Cara Selima,

Percebo a sua preocupação, mas não me é possível aconselhar um tratamento sem observação clínica do pé.

Quanto ao clotrimazol (canesten), na minha opinião não é o antifungico de eleição para o tratamento das micoses, por ser de venda livre é muito utilizado, mas pela minha experiência, não é dos mais eficazes.

Além da recomendação do tratamento farmacológico, o Podologista realizará o tratamento local adequado. Que passa pela higiene das unhas e pele (tratamento semelhante ao da higiene oral).

Cumprimentos
Joana Azevedo
Podologista


De Sindrome do Panico Sintomas a 1 de Novembro de 2010 às 15:33
Bom artigo. Eu já tive problemas com verrugas no pé e acho importante seguir os métodos de prevenção para este tipo de doenças. Além dos descritos aconselho a uma alimentação saudável porque isso vai dar força ao sistema imunitário e assim tornar mais difícil apanhar este tipo de fungos.


De Dra. Joana Azevedo a 9 de Janeiro de 2011 às 21:16
Sem dúvida!

Alimentação saudável com muita fruta fresca (vitaminas), sol e exercício físico, para que o Sistema Imunitário fique em perfeitas condições para combater os vírus como os que provocam as verrugas.

Cumprimentos,

Joana Azevedo
Podologista


De alessandra a 2 de Maio de 2011 às 02:26
Boa noite dr Joana tenho micosas em minhas nadegas e nas virilhas ja fazem tres anos e nao sei mais o que fazer pra combater vivo a base de antifungicos e pomadas para micose ja fiz uma raspagem e acusou essa tal de micose de pe de atleta sendo um outro nome cientifico que me esqueci o nome,,,,sempre quando paro de tomar ou passar as pomadas elas voltam,,por favor dr o que faço?


De Dra. Joana Azevedo a 10 de Junho de 2011 às 19:41
Cara Alessandra,

A localização dos seus fungos, não me permite responder convenientemente à sua questão, pois a pele é o maior orgão do corpo, com características diferentes de região para região.

A podologia insere-se no âmbito clínico do tratamento do pé, que possui características particulares, mesmo ao nível da pele.
O que por vezes influência na escolha dos tratamentos e os torna específicos para o pé.

Contudo penso que é possível tratar definitivamente o seu problema em consulta de dermatologia.
Lembro-lhe que os fungos têm preferência por zonas húmidas como as pregas das virilhas e por locais onde existe excesso de transpiração ou humidade por exemplo por falta de cuidado ao secar o corpo.

Se tivermos isto em conta e eliminarmos o principal factor de desenvolvimento dos fungos - humidade - basta aplicar o antifúngico adequado ao problema ou ao local.

Cumprimentos,

Joana Azevedo
Podologista


De Ana a 22 de Setembro de 2011 às 14:34
Olá Dra,
sofro de pé de atleta à 16 anos, já fui a médico especialista o qual me passou tratamento mas não resultou, já usei a pomada canesten e nada, também usei lamisil e continuo sem melhoras, continuo com bastante comichão e feridas na sola do pé. Não sei o que fazer mais...Será que me pode ajudar?


De Diogo a 2 de Dezembro de 2012 às 21:28
Boa noite.
Gostava de saber se me podem ajudar no meu caso.

Há muito pouco tempo atrás estive com 'sarna' que me atacou muito fortemente e tive que fazer 2 tratamentos e até agora estou a ficar bem quase 0 comichões, mas recentemente está-me a acontecer algo estranho que é sempre que tomo banho fico com imensa comichão no pé, na zona inicial dos dedos dos pés, mas é muito forte e quando saiu do banho continua mas passando uns 30 minutos passa.

Terá alguma coisa a ver com pé de atleta?

Cumprimentos


De Ana Gleice a 28 de Março de 2013 às 15:52
Olá Dra , eu to tendo alguns problemas na unha, eu uso ténis para ir para a escola e academia, só que quando eu comecei ir para academia, a minha unha começo a ficar escura, certamente estava caindo, mas não tem mal odor e nem sinto dor, ela só fica escura e solta mas não cai, e outra cresce e a vai empurrando a que está solta. Qual é o problema da unha Dra ? desde já obrigada .


De Crisley Silva a 4 de Abril de 2016 às 23:08
Boa noite,DRA. Joana,estou cursando Podologia em Barbacena-MG e gostaria de pedir-lhe uma ajuda em um determinado caso clínico,seria possível?


Comentar post

Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Ligações

blogs SAPO

subscrever feeds